Fandom

Olga Wiki

Escola de Aviação Militar - 27 de novembro de 1935

10 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Falar0 Compartilhar

Contava o Marechal do Ar João Adil Oliveira, aluno da Escola de Aviação Militar no ano de 1935:

Dia 27 de novembro - 00:00 horas

Um oficial pergunta ao outro colega:

- que horas são?

O colega responde:

- meia-noite

O primeiro, então, diz:

- esta na hora de começar a revolução. Saca da arma e dispara um tiro na testa do colega, que tomba morto.

O protagonista deste vergonhoso acontecimento foi o capitão Agliberto Vieira de Azevedo que matou, friamente, o seu amigo capitão Benedito Lópes Bragança, que se achava desarmado e indefeso.

Essa unidade do Exército, alvo da ação traiçoeira dos comunistas, após alguma horas de violência e matanças, foi, finalmente, dominada pelas forças legais comandadas pelo Coronel Eduardo Gomes.

Os acontecimentos

Escola de Aviação.jpg

Escola de Aviação Militar - Campo dos Afonsos - 1919

O Partido Comunista do Brasil fez eclodir, nos dias 23 e 24 de novembro de 1935, levantes nas cidades de Natal e Recife, respectivamente.

Eduardo Gomes teve atuação decisiva no combate à Intentona Comunista, deflagrada em 1935, quando parte da guarnição da Escola de Aviação Militar sublevou-se, chefiada, entre outros, pelos Capitães Agliberto Vieira de Azevedo e Sócrates Gonçalves da Silva.

No Rio de Janeiro, então Capital Federal, era esperado um levante no 3° Regimento de Infantaria na Praia Vermelha, o que efetivamente se deu na madrugada do dia 27 de novembro, envolvendo, também, a Escola de Aviação Militar, no Campo dos Afonsos.

Eduardo Gomes, Comandante do 1° Regimento de Aviação (Campo dos Afonsos), vinha mantendo contato com o Chefe de Polícia do Rio de Janeiro, procurando estar informado dos acontecimentos. Já havia tomado providências quanto ao aumento da segurança da sua Unidade. Não imaginava, entretanto, um levante naquela Escola.

Agindo de surpresa, os revoltosos dominaram a maior parte das instalações do 1° Regimento de Aviação, conseguindo isolar Eduardo Gomes no prédio do comando. Os rebeldes persistiram na luta até o amanhecer.

Eduardo Gomes havia sido ferido na mão por um tiro de fuzil, logo no início dos combates; mesmo assim continuou resistindo com um punhado de bravos oficiais e praças. Solicitados por Eduardo Gomes, chegaram reforços oriundos do Regimento Andrade Neves quando os insurretos se puseram em fuga, facultando o domínio do levante.

Ver também

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória